1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Portugueses são dos que menos investem no casamento

Segundo um estudo sobre o casamento, promovido pela empresa nacional DreambooksPro, os portugueses são dos mais poupados na hora de casar, não ultrapassando em média os 22.700€ com a cerimónia. Em contrapartida, os espanhóis são os que mais investem na hora de casar, com uma média de 24.900€, seguidos dos britânicos e dos franceses. Contudo, são estes últimos os que preparam a festa com maior antecedência, sendo que 37% afirma começar a planear um ano antes, enquanto a maioria dos portugueses (58%) apenas o faz seis meses antes da data marcada.

Continuar...

2º Concurso da Francesinha: Grelha do Areínho recebe Troféu Audiência

O restaurante com sede na principal rua de Avintes, Vila Nova de Gaia, arrecadou um lugar no pódio do 2º Concurso das Francesinhas, organizado pelo nosso jornal. Fernando Fernandes reúne a família, neste espaço, para oferecer o que de melhor a gastronomia tem. A Francesinha é um dos muitos pratos de eleição servidos neste restaurante.

Continuar...

ECO SPOT e EKOPÁTEO marcaram celebração do Dia Europeu Sem Carros

Cerca de 320 alunos do 1º ciclo do Centro Escolar Professor Doutor Marques dos Santos e EB1/JI da Praia participaram, no passado dia 22 de setembro, numa ação conjunta da Câmara Municipal de Gaia e da SUMA, no âmbito do Dia Europeu Sem Carros.

Continuar...

Padre Luís Mateus diz adeus à paróquia de Perafita e Lavra

Foi no passado mês de setembro que a comunidade cristã de Perafita e Lavra se despediu do Padre Luís Mateus que, durante 19 anos, serviu aquelas paróquias e que agora passará a servir a comunidade de Santo Tirso. Depois de uma última celebração eucarística em Lavra, seguiu-se um jantar onde a comunidade esteve em número significativo e onde não faltou também a presença da vereadora da Câmara Municipal, Lurdes Queirós, e de Rodolfo Mesquita, presidente da Junta de Freguesia.

Continuar...

As tradições açorianas protagonizadas pelos mais novos

Centenas de crianças reuniram-se no passado mês de agosto para uma iniciativa inédita na Ribeira Grande, a primeira edição do Festival Infantil de Folclore. Organizado pela autarquia ribeiragrandense e pela Cooperativa A Ponte Norte, o evento foi um sucesso e Alexandre Gaudêncio admite mesmo que é “para repetir nos próximos anos”.

Continuar...

Também no Facebook

Últimas