1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Mobilização das entidades locais é fundamental no combate à pobreza e exclusão social

A Secretária Regional da Solidariedade Social, Andreia Cardoso, salientou, na Maia, em S. Miguel, a importância do envolvimento dos agentes locais na implementação e operacionalização da futura Estratégia Regional de Combate à Pobreza e à Exclusão Social.


 
“Este diagnóstico, que tem de ser feito em cada um dos territórios, apreciando as fragilidades, mas também percebendo as potencialidades, é essencial para criarmos as bases teóricas e práticas sólidas e incrementar abordagens que apresentem resultados promissores”, afirmou Andreia Cardoso.

O protocolo estabelecido integra 20 instituições de diversas áreas de intervenção, que desenvolvem a sua atividade nas freguesias de Maia, São Brás, Lomba da Maia, Fenais da Ajuda, Porto Formoso e Lomba de São Pedro. O objetivo é de uma parceria estratégica para o desenvolvimento e coesão social, materializada na constituição do Centro Local de Animação e Intervenção Social Territorial da Zona Oriental do Concelho da Ribeira Grande.

Andreia Cardoso ainda garantiu que “qualquer que seja a estrutura da estratégia de combate à pobreza e à exclusão social serão as entidades que se incluem em todos os polos que atuarão na linha da frente e, logo, como a primeira linha de defesa dos interesses das suas comunidades”. Esta parceria agora firmada decorre da atividade desenvolvida pela Rede Regional de Polos Locais de Desenvolvimento e Coesão Social e tem como finalidade concretizar uma abordagem territorial, integrada e sistémica, sob o enfoque do desenvolvimento local de base comunitária.

Também no Facebook

Últimas