1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Suspeitos vendiam pedaços de cerâmica como “tablets”

A Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto deteve, na passada quinta-feira, três homens de 22, 30 e 42 anos de idade, suspeitos de burla por, alegadamente, tentarem vender computadores “tablets” abaixo do preço de mercado, verificando-se depois que os mesmos eram, afinal, “pedaços de cerâmica”.

 


Em comunicado enviado às redações, a PSP afirma que os homens “abordavam cidadãos na via pública” exibindo um “tablet” com preços abaixo de mercado mas “após a transação, as vítimas verificavam que a embalagem que lhes havia sido entregue continha no interior um pedaço de cerâmica em vez do referido aparelho”.


No mesmo dia, a PSP anunciou ainda a detenção de dois suspeitos de tráfico de estupefacientes no bairro Pinheiro Torres e no bairro do Aleixo, no Porto, aos quais foram apreendidos mais de 10 mil doses individuais de cocaína e haxixe.

Também no Facebook

Últimas