1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

A DECO recebe muitas reclamações de consumidores que, a propósito da realização de rastreios de saúde gratuitos, são alvo de práticas comerciais desleais e enganosas. O público-alvo destas campanhas são, geralmente, pessoas com mais de 50 anos.

A abordagem é feita pelo telefone, sendo os consumidores convidados a deslocaram-se a determinado local para efetuarem exames clínicos gratuitos. Habitualmente, são locais que não levantam suspeita, como coletividades. Na verdade, um rastreio de saúde que seria gratuito revela-se uma armadilha do consumo. Os consumidores são influenciados a adquirir determinados produtos e/ou tratamentos de valor bastante elevado, acabando por assinar um contrato de forma precipitada.



É importante que os consumidores saibam que estes contratos, por serem realizados fora do estabelecimento comercial, podem ser cancelados no prazo de 14 dias, devendo essa intenção ser manifestada junto da entidade, através de carta registada com aviso de receção, devendo-se guardar cópia da carta e dos registos de envio.

Caso a situação não seja resolvida, com o cancelamento do contrato e a devolução dos montantes que tenham sido pagos, pode recorrer ao apoio da DECO. Pela gritante importância deste tema e pelo número de reclamações recebidas, a DECO está a desenvolver um conjunto sessões abertas à comunidade em todo o país através da Campanha SÉNIOR+ATIVO através do projeto DECOForma.



Para mais informações consulte a página www.decoforma.pt ou, para pedidos de apoio, dirija-se à DECO, na Rua da Torrinha, 228H, 5º, 4050-610 Porto ou através do endereço Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.