1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Jovens com Valor e Excelência foram premiados!

O Salão Nobre da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valadores, foi  uma vez mais o palco escolhido para a cerimónia de entrega de prémios aos alunos do "Quadro de Valor e Excelência" (refrente ao ano lectivo de 2014-2015), promovida pela Junta da União de Freguesias de Gulpilhares / Valadares.



À cerimónia, presidida por responsáveis de outros organismos do Concelho, tais como Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, AHBVV, responsáveis dos Agrupamentos de Escolas e diversas Colectividades, cuja apresentação esteve a cargo da Drª Inês Lourenço, estiveram presentes centenas de jovens rapazes e raparigas de Vila Nova de Gaia, acompanhados por familiares e amigos.

Reunidos todos os condimentos, deu-se então início a esta 'grande festa' com a brilhante actuação musical levada a cabo pelo "Fórum Cultural de Gulpilhares", para de seguida se preparar a entrega de prémios do "Quadro de Valor e Excelência" instituido pela União de Freguesias de Gulpilhares/Valadares, que consiste na atribuição de uma simbólica ajuda financeira (125.00€) a todos os alunos que mais se distinguiram no ano escolar de 2014-2015, neste caso num total de 191 alunos com um mínimo de quatro ou cinco 5's e o restante nunca abaixo de 4's (!), representando turmas do 5º ao 12º ano.

Alcino Lopes, Presidente da União de Freguesias de Gulpilhares/Valadares, deu então início ao período de discursos, começando por agradecer a presença das diversas individualidades a esta cerimónia, a respeito da qual começou por declarar... "desvalorizemos a parte dos prémios e valorizemos aquilo que queremos transmitir a todos vós, a nossa gratidão por serem bons alunos e é bom verificar que, ao longo dos anos, esses bons alunos continuam a ser bons alunos. Como é lógico, por trás destes bons alunos estão pais, avós, familiares e professores excelentes. ... Hoje tenho que aproveitar esta oportunidade para agradecer à Câmara Municipal de Gaia pelo grande esforço de investimento que tem vindo a fazer nas nossas escolas de primeiro ciclo e jardins de infância. Hoje as escolas têm um aspecto muito mais decente. ... Quero também agradecer a todos os nossos rapazes e raparigas que hoje vão ser premiados e em nome do executivo da Junta da União de Freguesias de Gulpilhares e Valadares, o nosso muito obrigado e continuem a ser bons alunos!" concluíu o Autarca.

A Presidente da Assembleia Geral da União de Freguesias de Gulpilhares/Valadares, Cláudia Silva, no seu discurso aos alunos referiu... "Onde quer que cheguem e independentemente da profissão ou cargo que venham a desempenhar no futuro, nunca esqueçam algo muito importante, a humildade e a bondade... manter estas características é o que faz a diferença perante os outros!"

Albino Pinto de Almeida, Presidente da Assembleia Municipal da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, tomou então a palavra, começando por cumprimentar as individualidades presentes ao evento, dirigindo-se depois à plateia, começando por dizer que... "Mal andaríamos se, aqueles a quem queremos aqui reconhecer, não fossem eles próprios na minha intervenção, os primeiros signatários de uma imensa salva de palmas, pois sem eles isto não poderia ter acontecido. Salva de palmas essa que é também dirigida às famílias, na sua simplicidade e dificuldades, mas fundamentalmente naquilo que hoje é seguramente um orgulho de ter os seus filhos ou os seus educandos a serem aqui reconhecidos públicamente. ... Quero também aproveitar a oportunidade para vos dizer que a maior competição que podemos ter na vida não é contra os outros, mas sim contra nós próprios!

"Não acreditem que é possível ser o melhor sem esforço, porque na verdade o sucesso antes do trabalho não existe... eu quero acreditar que aqueles que hoje aqui vão ser premiadas serão também pessoas educadas e cultas, pessoas que querem sempre saber mais, projectando o nosso país para o desígnio que ele merece ter. ...  Portugal foi durante muitos séculos um pais que esteve à frente dos outros, porque pensávamos e reflectíamos e porque fazíamos a pesquisa sobre o que poderíamos encontrar no resto do Mundo. Há 500 anos lideramos o conhecimento no Mundo civilizado e conhecido de então, por isso navegamos e encontramos formas de dar novos mundos ao Mundo e eu estou absolutamente convencido, de que se continuarem por este caminho e fizerem deste país um País de jovens que lideram no conhecimento, farão também um grande Portugal e uma grande nação."

Era então chegada a vez do Edil da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, discursar perante tão numerosa plateia, tendo começado por desejar... "Boa noie a todas e a todos, um cumprimeno muito especial naturalemnte aos responsáveis por esta cerimónia... senhor Presidente da Junta, á senhora Presidente da Assembleia e Executivos da União de Freguesias ... ao senhor Presidente da Assembleia Municipal ... a toda a comunidade ... aos professores e directores dos diversos agrupamentos ... coordenadores de escolas ... pais, avós, famílias e aos alunos, naturalmente, bem como a quem nos acolhe, o senhor Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valadares ... bem como ao Fórum Comunitário de Gulpilhares que aqui nos brindou hoje, com mais um momento fantástico, dos muitos com que nos teêm brindado pelos diversos sítios por onde passam.

"O Município associa-se a este momento com um sentimento de dever institucional, é um dever da Câmara Municipal estar em momentos que são importantes para o Concelho e para a comunidade e aqui vos deixar uma mensagem de esperança. O senhor Presidente da Junta com esta disponibilização financeira sublinha o apoio àqueles que se esforçam e sublinha fundamentalmente o seu apoio á escola e à educação como instrumento de emancipação, de crescimento e de desenvolvimento do nosso país ... e uma Junta de Freguesia que valoriza a educação é uma Junta de Freguesia que já está a fazer mais do aquilo que devia do ponto de vista da mobilização de recursos previsto na lei. Mas eu sou daqueles que acha que há muita coisa na lei que está a mais e muita coisa que não está na lei e que se deve fazer. e este é um daqueles bons exemplos!

"Ao mesmo tempo não posso deixar de dizer que em muitos contextos os resultados que nós atingimos podem não ser os melhores, mas à escala do ponto de partida de onde começamos, eles são grandiosos e por isso há muita gente, muitas crianças que não podendo chegar aos quadros de honra, que não conseguindo atingir resultados do top10 de cada uma das escolas, são alunos extraordinários, porque conseguiram superar debilidades ou dificuldades de origem familiar e os resultados que conseguiram atingir, não sendo os melhoras, foram extraordinários face ao seu ponto de partida ... há um pequeno provérbio Africano que diz ... "o sítio onde nós chegamos deve ser avaliado não pelo tempo que demorámos a chegar, mas sim pelo nosso próprio ponto de partida" ... e, de facto, nós não partimos do mesmo ponto, como as crianças e as famílias não partem verdadeiramente do mesmo ponto de partida e quando chegamos devemos ser avaliados de uma forma mais alargada e não pelo resultado própriamente dito ... esta avaliaçãode de resultado é absolutamente meritória, por isso os meus parabéns!

"Quando decidi ser também o responsável pelo pelouro da Educação no nosso Município, fi-lo pela minha convicção de que a educação tem que ser designio de uma comunidade. seja ela local, nacional ou ainda mais alargada num contexto mais Europeu. E isso faz-se de uma forma também simbólica, assumindo de frente os problemas, e definimos dois caminhos que são absolutamente complementares, Por um lado a reablilitação de cerca de 50 das 98 escolas do Municipio de Vila Nova de Gaia, um esforço extraordinário que leva o Municpio a um investimento de cerca de 5 milhões de euros neste últimos dois anos e meio, que não são muitos visíveis e que dariam para construir cerca de um centro escolar e mieo, mas que distribuidos por tantas escolas passam despercebidos à maior parte das pessoas que não às que as utilizam. Mas estou convencido que o processo de desenvolvimento de um pais ou de uma comunidade não se faz só pela vaidade de fazer novo e inaugurar, mas também pelo hombridade de requalificar e regenerar de manter aquilo que é nosso e que temos que mantr de uma forma muito cuidada. ... Acupolado a este investimento, temos também o somatório das 35 escolas a quem faltava receber os quadros interactivos e os computadores num esforço qie é muito significativo para o municipio.

"Mas há também a seunda questão, a do imaterial. Disponiblizamos recursos para a manutenção daquilo que é 'dados', daquilo que considero que é positivo, a disponibilização de livros escolares gartutitos para o primeiro ciclo é muito positivo e só lamentando não poder disponibilizar também as 'fichas', mas isso é uma decisão que vem do Ministério e não do Municipio. Daquilo que nos diz respeito, mantivemos esse tecido e alargámo-lo até ao nono ano e não fico satisfeito enquanto não o conseguir ir mais este objectivo, muito por culpa do quadro financeiro em que vivemos no nosso Municipio.

"Em Gaia temos implementamos no primeiro ciclo um programa de grande imaterialidade, os programas "Gaia aprende + / aprende +E" , não esquecendo as crianças com deficiencias, que são crianças que merecem uma atenção mais cuidada pois são crianças muito especiais e que vivem com uma certa invisibilidade social, mas que nem por isso podem e devem deixar de ser prioritarias.

"E, finalmente, algumas daquelas imaterialidades que, porque passaram a fazer parte do nosso quotidiano, agora já passam desapercebidas, os pequenos almoços gratuitos para o primeiro ciclo, elemento fundamental para a implementação de uma alimentação saudável nas escolas do concelho.

"Tal como dizia a senhora Presidente da Assembleia da União de Freguesias e o senhor Presidente da Junta, eu também julgo que o pais só vai em frente se nos juntarmos todos, independentemente de cores ou credos, em torno de um projecto integrador que nos una independentemente das nossas diferenças muito pontuais e, um desses projectos integradores, tem na educação um palco fundamental. Desejo que nesta União de Freguesias, Gulpilhares e Valadares, continuem este trabalho de parceria com o Municipio, pois naquilo que nos disser respeito nós continuaremos apostados em manter aquilo que estava bem nas politicas educativas ... em fazer mais e melhor e em  inovar naquilo que seja possível ... tenho muito orgulho e ter alunos do 12º ano que chegam ao fim do seu percurso nas escolas de VNG e antes de passarem ao ensino de cursos superior, são brindados na nossa Cidade com um "baile de finalistas", que é uma herança que julgo absolutamente meritória e que tenho muito orgulho em poder continuar e que continuará em Vila Nova de Gaia.

"Eu acho que a vida também se faz de questões simbólicas e o que desejo aqui é que todos partilhem deste espirito de comunidade e de unidade, pois tal como diz outro proverbio Africano ... "de cada vez que o rebanho se une, o leão dorme com fome" ... e, portanto, que o rebanho se una, que tenhamos todos a consciência que os interesses da comunidade são superiores às nossas próprias pequenas divisões e que nos unamos em torno de projectos que qualifiquem a nossa comunidade as nossas Freguesias, o nosso Concelho e o nosso País.

"Muitos parabéns ... façam da escola e da escola pública em particular, um sítio fundamental para os vossos filhos, pois há-de ser das poucas coisas que eles vos agradecerão ... o de terem insistido com eles para fazerem da escola um desígnio importante para o seu futuro."

Terminado o período de discursos proferidos pelas individualidades presentes, deu-se então início à entrega de prémios do "Quadro de Valor e Excelência" instituido pela União de Freguesias de Gulpilhares/Valadares, que consiste na atribuição de um 'diploma' e de uma simbólica ajuda financeira (125.00€) a todos os alunos que mais se distinguiram no ano escolar de 2014-2015, neste caso num total de 191 alunos com um mínimo de quatro ou cinco 5's e o restante nunca abaixo de 4's (!), os quais subiram ao palco em diferentes grupos, representando turmas do 5º ao 12º ano.

No 'intervalo' das entegas de prémios aos diversos grupos de alunos, houve ainda a grata oportunidade para assistir a uma boa exibição de dança moderna, trazida pelas jovens do "Grupo de HipHop - Boom Box Legacy" de Gulpilhares, pela performance protagonizada pela dupla João Nascimento e Ana Rita Costa da “Escola de Dança Pedro Sousa de Gulpilhares" e também ao excelente momento musical proporcionado pela "Academia de Música de Vilar do Paraíso".

No final da cerimónia discursou também o responsável principal pela casa que a acolheu, aproveitando o Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Valadares - António Silva, para refrir que... "tal como o nome indica, temos como principal missão a de socorrer as pessoas que precisam, mas não somos só um corpo de bombeiros, somos também uma associação que dá pequenos cursos, como os cursos básicos de primeiros socorros, seja a grupos de pessoas ou em empresas, ... e é com bastante orgulho que uma vez mais cedemos as nossas instalações para que aqui se efectue a entrega de tão honrosos prémios aos alunos que melhores resultados obtiveram no capítulo da aprendizagem e que aqui representam o excelente trabalho desenvolvido nas escolas das Freguesias e do nosso Concelho."

Também no Facebook

Últimas