Pódio Nacional em África, e no Dakar?

  • Imprimir

A presença Portuguesa no África Eco Race terminou com um excelente pódio final para Elisabete Jacinto, enquanto no Dakar ainda continua a ser possível sonhar com um pódio final, já que no final da primeira semana de prova Rúben Faria é o segundo da geral nas Motos.

Pódio no África Eco Race

Sortes distintas para as duas equipas Portuguesas na maratona que levou os concorrentes das margens do Mediterrâneo ao Lago Rosa em Dakar, nesta 5ª edição do Sonangol África Eco Race. Elisabete Jacinto, que fez equipa com José Marques e Marco Cochinho, levaram o MAN TGS do Team Oleoban/MAN Portugal ao fantástico terceiro lugar do pódio na Categoria Camiões, tendo inclusivé alcançado a vitória em duas etapas desta difícil competição.

O passado Domingo marcou o final da primeira semana do Dakar 2013, tendo os concorrentes cumprido já a passagem pelo Perú e as primeiras duras etapas do Chile, onde vão continuar no início da semana, passando depois para a Argentina, enfrentando as derradeiras e decisivas etapas da prova.

A semana foi dura para a ‘caravana’ Portuguesa, mas o saldo final é bastante positivo, já que vários pilotos se encontram no Top10 da prova.

CARLOS SOUSA, navegado por Miguel Ramalho, é o único piloto Nacional presente na Categoria Automóveis e, apesar dos problemas sentidos na 8ª etapa no Jeep da Great Wall, encerra esta primeira fase num excelente 10º lugar da geral.

Paulo Fiúza é o navegador de Orlando Terranova (BMW X3CC), equipa que segue no 8º lugar da geral, enquanto Filipe Palmeiro já foi obrigado a abandonar a prova.

Mas é na Categoria reservada às Motos que residem as maiores esperanças Lusas, já que RÚBEN FARIA ocupa a segunda posição da geral, e melhor piloto KTM, mantendo assim acesas as hipóteses de um bom lugar no pódio final.

HÉLDER RODRIGUES, após os problemas registados nos primeiros dias de prova, reentrou no Top10 (7º), e está fortemente motivado a lutar por um lugar entre os cinco primeiros da geral.

Quem também tem tido alguns azares é PAULO GONÇALVES, o qual ocupa agora a 24ª posição da geral com a Husqvarna.

MÁRIO PATRÃO é um estreante ao Dakar, mas está a realizar uma excelente prova. No final da 8ª etapa o piloto de Seia ocupava a 39ª posição da geral com a sua Suzuki.

Nem o ‘brilharete’ alcançado na 8ª etapa (4º geral) impedem PEDRO BIANCHI PRATA de figurar apenas na 91ª posição, já que também ele enfrentou diversos problemas na sexta e sétima etapa, face aos quais desceu quase trinta posições à geral.

A última semana do Dakar reserva ainda enormes dificuldades a vencer, mas “esse” é um terreno habitual aos Portugueses, o que nos faz acreditar que no pódio final a bandeira Nacional possa vir a subir bem alto!