1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce: Ricardo Ladeira de Carvalho é o ilustrador vencedor

Ricardo Ladeira de Carvalho, com o pseudónimo Maria Aflita, é o vencedor da 3º edição do Prémio de Literatura Infantil Pingo Doce. O júri de ilustração - presidido por Zita Seabra e composto por Inês Moura Paes, Pedro Sousa Pereira, Susana Oliveira e Sara Miranda – foi conquistado pelo talento e a forte capacidade de desenhar revelados pelo autor.

Continuar...

Adelaide Ferreira com “papel principal” na nova revista do Teatro Maria Vitória

Aquela que é considerada por muitas pessoas, uma das melhores vozes de Portugal, está de volta com a nova Revista – “ Parque à vista”, produzida por Hélder Freire da Costa, que estreia na encenação o actor/encenador Flávio Gil (26 anos), contanto ainda com o já consagrado actor Paulo Vasco.

Continuar...

Os Mundos alternativos de João C. Sousa

Do Porto chega-nos João C. Sousa, compositor não instrumentista com percurso traçado no mundo audiovisual e que se prepara agora para lançar o seu primeiro registo a solo com o selo da Music For All. “How to Switch Dimensions”é o single que precede esta nova fase do músico, uma criação sem lugar, tempo ou espaço que leva o ouvinte numa viagem pelos labirínticos confins da mente. Para explorar, sem reservas.

Continuar...

Banda Cábula acaba de lançar o seu primeiro single

A banda Cábula acaba de lançar o seu primeiro single. Chama-se "Então" e é o primeiro de vários temas que vão lançar no seu álbum e em vídeo. Os Cábula são um grupo portuense, formado a 1 de Janeiro de 2016 e composto por  elementos da extinta banda Checkpoint, entre eles Ricardo Maravalhas (Voz e Guitarra), Telmo Brandão (Guitarra) e Leonardo Ferreira (Bateria), aos quais se juntou recentemente Marta Mota (baixo) para completar a formação base.

Continuar...

Sonoridades do mundo chegam ao Palco da Praça da Madalena no Festival Cordas

Entre 16 a 18 de setembro, o Palco da Praça da Madalena, na ilha do Pico, acolheu sonoridades do mundo através de músicos e os seus instrumentos de corda. Foram duas noites de grandes concertos e no domingo uma tarde chill-out que abraçou o berimbau do Brazil, a harpa gótica que pela mão do português Silveira Anjos Teixeira, residente em Berlim, e ainda instrumentos únicos como a guitarra-bandola-viola de Laurindo Cardoso.

Continuar...

Também no Facebook

Últimas